Formas de engravidar – mitos e verdades

Existem muitos mitos e equívocos sobre como a gravidez acontece. A falta de informação pode criar medos desnecessários relacionados ao sexo e ao nosso corpo, que conduzem a gestações não planejadas. Este artigo pode te ajudar a saber mais sobre vida sexual, proteção e gravidez.

Você pode engravidar em qualquer momento do ciclo?

Não.

A concepção acontece quando o esperma (contendo espermatozóides) fertiliza o óvulo. Há seis dias do ciclo menstrual em que o contato com o esperma pode levar à gravidez – os cinco dias imediatamente antes da ovulação, e o dia completo depois da ovulação acontecer. A ovulação (a libertação de um óvulo do ovário para a sua trompa de Falópio) acontece habitualmente 13 a 15 dias antes do início de cada ciclo menstrual. Uma vez que o óvulo é liberado, ele pode ser fertilizado entre 12 a 24 horas.

Assim como seu ciclo menstrual, a ovulação pode variar em cada ciclo, e pode até haver alguns meses em que você não ovula. O esperma pode viver dentro do seu corpo até cinco dias. Isto significa que se você tiver uma relação sexual desprotegida, com o “pênis na vagina” (ou usar outra forma de inseminação) nos dias que antecedem a ovulação, o esperma pode sobreviver por tempo suficiente para, potencialmente, fertilizar o óvulo e resultar em gravidez. Essa janela de tempo, quando a gravidez é possível, tem o nome de “período fértill”.

Mas note que o período fértil exibido no Clue é uma estimativa, e não sua verdadeira janela biológica fértil (você precisará fazer medições como a temperatura corporal basal ou testes de ovulação para saber quando você ovula em cada ciclo).

Compreender o seu período fértil pode ser útil se você estiver tentando engravidar, mas não é recomendado usar o período fértil indicado pelo seu aplicativo como seu Método Contraceptivo Comportamental, a menos que você esteja a usar métodos contraceptivos naturais, que incluam analisar o seu muco cervical e a temperatura corporal basal e ter dias de abstinência durante todos os ciclos para prevenir uma gravidez. No entanto, como a ovulação varia, nem todos os métodos contraceptivos naturais funcionam durante todos os ciclos. Aconselhe-se com seu ginecologista se estiver interessada em usar um Método Contraceptivo Comportamental.

Você pode engravidar mesmo se você usar o método de retirada ou “coito interrompido”?

Sim.

O método de contracepção de retirada, também conhecido como “coito interrompido”, é quando o pênis é retirado da vagina, afastando os órgãos genitais antes de ejacular. Isso geralmente não é considerado uma forma eficaz de anticoncepção. De cada 100 pessoas usando apenas coito interrompido, cerca de 22 a 27 vão engravidar no espaço de um ano (2, 3). O coito interrompido não funciona sempre porque é difícil saber quando retirar o pênis. O esperma também pode estar presente no fluido pré-ejaculatório.

Ter sexo de pé pode evitar uma gravidez?

Não.

Em 2010, um estudo mostrou que 18% dos homens entrevistados acreditavam que fazer sexo em pé reduzia o risco de gravidez (5). No entanto, isso não é verdade: a gravidade não é uma forma de anticoncepção.

Limpar a vagina depois do sexo pode impedir a gravidez?

Não.

É uma crença comum que você pode evitar engravidar se você enxaguar ou limpar a vagina logo após o sexo. As duchas vaginais – sejam com água ou com soluções químicas – não funcionam como método anticoncepcional (6). E isso não é tudo: há vários estudos que indicam um aumento do risco de infecções bacterianas, candidíase, doença inflamatória pélvica, câncer de colo do útero, aumento da transmissão de DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) e outros efeitos adversos à saúde (7, 8).

Você pode engravidar com sexo oral?

Não.

Seja você a fazer ou a receber, não pode engravidar com sexo oral, ou ao beijar. Enquanto o esperma consegue sobreviver 3 a 5 dias no sistema reprodutivo, ele não consegue resistir ao sistema digestivo. Você não pode engravidar por engolir sêmen. Mas o sexo oral não é totalmente desprovido de risco – qualquer contato oral-genital é um meio de contágio de doenças sexualmente transmissíveis.

Você pode engravidar com sexo anal?

Tecnicamente não, mas…

A distância entre o reto e a vagina é muito pequena. Então, se você está praticando sexo anal sem preservativo, é possível que algum espermatozóide também entre na vagina e cause uma gravidez. Não há dados precisos sobre a frequência em que isso acontece, mas geralmente é aceito que isso é possível, mas pouco provável. Dentro do ânus (e dentro do trato digestivo), o esperma não causa gravidez. No entanto, as DSTs, incluindo o HIV, podem ser transmitidos, por isso usar um preservativo (com um lubrificante adequado) é sempre uma boa ideia.

Se você não tem um orgasmo, isso significa que não vai engravidar?

Não. Você pode ter sexo sem orgasmo e mesmo assim engravidar.

Mas há uma maneira segura de você ter um orgasmo sem engravidar: só com masturbação.

É melhor usar dois preservativos em vez de um?

Não.

Quando usados corretamente, os preservativos oferecem excelente proteção contra a gravidez e doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), mas se você colocar dois preservativos de uma vez, eles vão esfregar-se um contra o outro e a chance de romperem é maior. O melhor mesmo é usar só um preservativo com um lubrificante apropriado.

Se eu verificar a minha temperatura todas as manhãs, isso vai me dizer quando eu posso engravidar?

Não.

Monitorar sua temperatura corporal basal com um termómetro ajuda a entender quando é que a ovulação está para ocorrer, mas não prevê quando é que vai acontecer no futuro. O método da temperatura basal é um método de contracepção natural que se inclui nos métodos sintotérmicos. Ao seguir as regras que combinam as mudanças de temperatura basal com as do muco cervical (Método de Billings), você consegue estimar os dias do ciclo em que há maior chance de engravidar.

Se você tem interesse em métodos anticoncepcionais naturais, consulte ginecologistas. Você pode monitorar a sua temperatura basal e o muco com o Clue, mas o app não está formatado para ser um anticoncepcional.

Agora você já sabe. Então o que vem depois?

Após informar-se e saber mais sobre seu corpo, decida qual nível de risco de gravidez é adequado para você e escolha o tipo de contracepção ou proteção que quer usar. Lembre-se de que apenas os preservativos podem te proteger contra gravidez e doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). A opção mais segura é usar preservativos e outro método anticoncepcional. Se está tomando a pílula, você pode fazer o monitoramento no seu Clue app e receber conselhos personalizados sobre o que fazer se falhar uma toma.

Comprimidos para o auxilio de engravidar é com Mam Caps, unico no mercado eficaz e comprovado.